Área do cabeçalho
gov.br

Este sítio foi reprojetado para melhor atendê-lo. Acesse já pelo celular e veja mais essa novidade

Portal da UFC Acesso a informação da UFC Ouvidoria Conteúdo disponível em: PortuguêsEnglish

Universidade Federal do Ceará
Instituto de Ciências do Mar – Labomar

Área do conteúdo

Eixos de pesquisa

O PELD CSB é composto por uma equipe interdisciplinar e multi-institucional envolvendo secretarias estaduais, ONGs e universidades nacionais e internacionais. Nesse contexto de interdisciplinaridade e aplicabilidade a problemas práticos socioambientais, o projeto foi estruturado de forma interdisciplinar em cinco eixos principais de pesquisa, formação de recursos humanos e divulgação científica.

O Eixo 1 – Dinâmica Ambiental é composto por um grupo de pesquisadores com expertise na área de Química Ambiental, Geoquímica, Oceanografia Física, Oceanografia Geológica e Geomorfologia. A costa semiárida possui sistemas costeiros, como estuários e barras arenosas, que estão submetidos a uma ampla variabilidade ambiental no espaço e no tempo. Estes apresentam-se na forma de sistemas estuarinos clássicos hipossalinos durante o período chuvoso, os quais se tornam estuários hipersalinos (salinidade maior do que a do mar) durante o período seco. Entender essa dinâmica ambiental é fundamental para verificar os efeitos nas populações, nas comunidades e nos ecossistemas (Eixo 2) e nas comunidades humanas (Eixo 3), como pescadores e marisqueiras.
Este eixo de pesquisa irá focar na produção de uma série de dados hidroquímicos e sedimentológicos de médio e longo prazo, envolvendo variabilidade de temperatura, profundidade, granulometria, tipos de sedimentos, salinidade, pH, alcalinidade, nutrientes, carbono orgânico e inorgânico para caracterização da variabilidade hidroquímica, bem como da geoquímica de sedimentos em tempos recentes. Esses dados ambientais irão possibilitar a compreensão da variabilidade ao longo de gradientes e ao longo dos períodos de seca e chuva durante os anos de existência do PELD CSB.

O Eixo 2 – Ecologia de Populações, Comunidades e Ecossistemas é composto por um grupo de pesquisadores que possuem expertise na área de Ecologia, Oceanografia Biológica, Zoologia, Microbiologia e Modelagem Ecológica. A costa semiárida possui ecossistemas costeiros com significativa biodiversidade, endemismo e produtividade, os quais precisam ser estudados para entender sua variabilidade de longo prazo no espaço e no tempo em relação aos impactos antrópicos em curso. Entender a dinâmica ecológica em distintos níveis hierárquicos da organização biológica (populações, comunidades e ecossistemas) e sua relação com a dinâmica ambiental (Eixo 1) e as comunidades humanas (Eixo 3) constitui o aspecto-chave da proposta do PELD CSB.
Este eixo de pesquisa irá focar na produção de uma série de dados ecológicos de longo prazo, envolvendo micro-organismos (bactérias, arqueas, protistas heterotróficos e fungos), vegetação costeira (dunas, tabuleiros, pradarias marinhas e mangue), plâncton (fito-, zoo- e ictioplâncton), peixes, bentos (por exemplo, moluscos, crustáceos e poliquetas) e aves. Além disso, como serviço ecossistêmico, serão avaliados os estoques de carbono azul (blue carbon) no manguezal semiárido. Nesse contexto, a variabilidade espacial e temporal das comunidades (riqueza, dominância e diversidade taxonômica e funcional) e das populações de espécies-chave (selecionadas pela sua relevância ecológica e/ou socioeconômica) constitui o principal alvo de investigação do Eixo 2 do PELD CSB.

O Eixo 3 – Ecologia Humana e Percepção Ambiental é composto por um grupo de pesquisadores que possuem expertise na área de Ecologia, Geografia Humana, Geografia Física, Pesca e Modelagem Ecológica. A costa semiárida possui comunidades humanas tradicionais de subsistência e economia de pequena escala, como pescadores e marisqueiras, as quais precisam ser estudadas para entender suas áreas de captação de recursos pesqueiros (moluscos, crustáceos e peixes), a variabilidade no espaço e no tempo do uso de recursos e sua percepção e adaptação às mudanças ambientais em curso, como o aumento dos ventos, aumento da salinidade, das temperaturas, sobrepesca, entre outras. Entender a dinâmica humana, produtividade e sustentabilidade das pescarias, as áreas de captação de recursos e sua relação com a dinâmica ambiental (Eixo 1) e ecológica (Eixo 2) constitui um tema importante para a gestão das unidades de conservação e adaptação às mudanças ambientais no contexto da proposta do PELD CSB.
Este eixo de pesquisa irá focar na produção de uma série de dados sobre a Ecologia Humana de longo prazo, envolvendo a percepção ambiental, desembarques pesqueiros, modos de vida e uso dos espaços costeiros (mangue, dunas, estuários, bancos areno-lamosos) mediante técnicas de cartografia social e análise de sustentabilidade pesqueira.

O Eixo 4 – Análise Integrada dos Dados é um eixo transversal que visa centralizar a gestão do banco de dados, gerenciá-lo para integração no SIBBr e no WebSIG, bem como conduzir análises integradoras e interdisciplinares compostas pelos demais eixos (1, 2 e 3). Para os dados ambientais coletados pelo Eixo 1 será elaborado um banco de 3 anos de informações que serão integradas mediante o modelo do LOICZ (Land Ocean Interactions in the Coastal Zone). Esses modelos permitem gerar cenários futuros visando compreender quais serão os efeitos socioecológicos de secas severas, aumento da temperatura, hipersalinidade, entre outros, os quais são previstos no Antropoceno para a costa semiárida. Além disso, fornecem informações sobre se o sistema atua como sumidouro ou fonte de nutrientes e o metabolismo líquido do ecossistema.
Um outro modelo integrador e inédito que será conduzido pelo PELD CSB visando unir as informações dos Eixos 1, 2 e 3 de pesquisa será executado no programa ecológico Ecopath. O Ecopath permitirá incluir redes de interações entre animais e de biomassa de inúmeros grupos-chave, como os descritos no Eixo 2, e elaborar modelos preditivos com variações ambientais ou de retirada de recursos como a pesca. Por fim, será elaborado um WebSIG do sítio PELD no final do projeto, com dados on-line, que permitirá a integração e visualização de informações abióticas, bióticas e humanas em um banco de dados geoespaciais com os dados produzidos pelo PELD CSB na sua primeira série de 3 anos de informações (2021-2023), bem como de dados preexistentes de décadas anteriores.

O Eixo 5 – Comunicação Pública de Ciência e Educação Ambiental é um eixo integrador que visa a comunicação/educação pública do projeto com foco voltado à divulgação científica sobre os aspectos ambientais, da fauna, da flora e dos micro-organismos e das comunidades humanas tradicionais. Essas ações serão feitas tanto presencialmente, em espaços de educação formal e não formal, bem como usando as mídias sociais. O PELD CSB conta com uma infraestrutura adequada por possuir no sítio uma estação de pesquisa avançada (CEAC – Centro de Estudos Ambientais Costeiros da UFC) que executa atividades de educação ambiental (PEAM – Programa de Educação Ambiental Marinha) há mais de 30 anos, com uso de trilhas ecológicas nas dunas, nos tabuleiros, nos mangues e nos estuários para escolas públicas de ensino fundamental e médio. Neste caso, o PELD irá fortalecer esse programa de extensão e iniciar novas atividades presenciais em um equipamento com infraestrutura de lazer, recreação e turística, que é o Beach Park. O Beach Park encontra-se localizado na área do sítio PELD na Região Metropolitana de Fortaleza (Ceará) e é conhecido como o maior parque aquático da América Latina, recebendo mais de 1 milhão de visitantes todo ano.

Acessar Ir para o topo